quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

ELIS & TOM ....SAUDADES!

JANEIRO É O MES DAS LEMBRANÇAS: TOM E ELIS.
Dois ídolos da minha existência. Dois exemplos de DOM MAIOR!
Elis se foi do planeta no dia de hoje, há 30 anos, e cada vez mais tentamos recuperar vídeos raros, postado por colecionadores caprichosos. Tom faria 85 anos em 25 de janeiro! Salve essa dupla que deve estar arrasando lá no céu!

OS 70 ANOS DE NARA LEÃO

Cris Delano interpreta de forma magistral, a melodia do meu mestre Roberto Menescal com a letra de Joyce Moreno:NARA.
Hoje, 19 de janeiro, nascia , setenta anos atrás, Nara Leão. Obrigada por passar por aqui!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

O DAY AFTER




( continuação de FELIZ ANO NOVOOOOO!)

Ato contínuo à tragédia da revolta estomacal alheia, me levantei gritando:- AH!!! ELA VOMITOU EM MIM!!!!!! ( confesso pra vcs que alguns palavrões foram ditos...rsrs)
Ônibus horrorizado, pessoas torcendo o nariz, outras gargalhando, algumas solidárias, outras tentando fugir do vômito espalhado pelo chão do carro.
Foi então que eu TOMEI UMA ATITUDE , puxando a cordinha da campainha : PAREEEE, MOTORISTA, QUERO DESCER! VOMITARAM EM MIM, PAREEEEE!!!!
Ele parou. E eu passei, vociferando, espremida entre as pessoas que me impediam de chegar até a saída. ( Pasmem....tal minha agonia, que esqueci de meus amigos de General Salgado!)Gritei mais e mais! Rapidamente liberaram minha passagem, e atrás de mim, meus amigos apavorados...AHAHAHAHAH....
pequena pausa para reflexão: Meu Deus...Obrigada! saltamos a uma quadra do edifício de minha irmã.
Morrendo de nojo, me desculpando com meus amigos pelo acontecido, mas feliz por poder me livrar dos vestígios da bebedeira alheia, cheguei na Irléia depois de acorda-la pelo celular.
Ah!....depois da limpeza geral, uma camisinha cheirosa, Rita e Toni acomodados ( ele na rede na varanda, de frente para o Cristo Redentor, e ela na poltrona relaxante) e fui fazer uma "caminha"com minha irmã, assistindo à uma comedia na tv. Muitos risos depois, deu pra tirar uma soneca até amanhecer!
reflexão menor ainda: Deus ajuda a quem cedo madruga!
Sete hora da manhã já voltávamos para Vila Isabel. Ônibus, relax, pessoas serenas,e eu vinha fazendo uma retrospectiva da noite, oscilando entre indignação e amor. O Amor venceu.
Minha amiga Rita, com seu abraço de meia noite, com seu riso aberto de felicidade, abraçada comigo e ao marido, falava da felicidade de estar ali, em Copacabana, num momento em que sua saúde permitia isso...isso marejou meus olhos e fez meu sorriso brotar, aparentemente sem razão...
última reflexão do dia: Deus releva-nos as falhas, de maneira a relevarmos as faltas dos outros. (Bezerra de Menezes)

domingo, 1 de janeiro de 2012

FELIZ ANO NOVOOOOO!

Recebi em minha casa uma querida amiga de General Salgado.
General Salgado, para os que não conhecem, é um município de SP.(10.669 habitantes)
Ela e o marido, queriam ver os fogos de Copacabana...

Agora, após o descanso e de minhas orações, vejo como fui corajosa!
Encarar a praia de Copa por amor à minha amiga , que mora numa fazenda e nunca tinha estado no Rio.
Levei-os para ouvir o SambaJazz, na Brasserie, ponto do nosso encontro no Centro da cidade. Eu estava embalada com o som do Kiko Continentino, e já me preparava para ir ao show da Fhernanda Fernandes, quando percebi o cansaço dos dois e os levei para minha casa. Casal descansado, partimos para o Rio de Janeiro.
Passeio pelas praias maravilhosas, e os dois fascinados...Mirante do Leblon, pegamos praia na Barra...tudo maravilha!
Mas não tinha como fugir aos fogos.
E lá fui eu, com muita boa vontade, encarar essa terrível tarefa!
Saímos de Vila Isabel de ônibus, por via das dúvidas, às 18 h., como a prefeitura instruía. Ainda não chovia, mas mesmo assim compramos capas e na bolsa, um mini guarda-chuvas. Armas em punho, fomos à luta.
Muita chuva, muita gente, muitos guardas, muitos mijões, empurra, catuques, samba, cervejas, e a hora não chegava. Fila de banheiro, gente gritando, comendo, beijando na boca, rezando entregando flores à Iemanjá, num espaço físico de 0,05 cm de pessoa pra pessoa... E eu lá.
Pensei no reveillon da Miramar, na casa da comadre em Itaipava, na serenidade de minha cama, no convite para Paquetá....ah! ( tô quase chorando...)
Enfim, quando a turma desceu dos apartamentos e se juntou à moçada da praia, cada um com seu guarda-chuva, champanhe, cidras, vinhos, flores, e o escambau, eu percebi que a coisa ia ficar esquisita!
Brigas por um espaço em baixo das falsas marquises dos quiosques, onde as goteiras pareciam cachoeirinhas .Vareta de guarda-chuva no olho alheio, empurrões, vozerio, palavrões...Era a turbamulta crescendo.... 5....4....3....( e a chuva apertando)2....1.....
FELIZ ANO NOVOOOOO!
Abraços, beijos, sorriso, fotos, e os fogos ensurdecedores espocavam nos ouvidos das milhares de criancinhas presentes, esmagadas pelos adultos em sua traumática experiência...
FELIZ ANO NOVOOOOO!
Pés enlameados, roupa molhada, mais empurrões, mais palavrões, brigas de casais, de pais e filhos, de gente desconhecida folgada.
FELIZ ANO NOVOOOOO!
Escapamos aparentemente ilesos, e o olhar de felicidade de minha amiga abrandou meu coração.
Saímos devagar,( mesmo porque não havia chance de correr)pelas ruas de Copa, como se fôssemos uma grande massa de retirantes flagelados, com nossas capas plasticas, pés pesados de areia. Foi aí que descobrimos que não haveria ônibus antes das 2 horas da manhã.....
Sentamos na chuva e esperamos pacientemente. Finalmente um ônibus vazio, subimos e nos sentamos. Ia pro Leblon, e aí poderia passar no Cláudio até dormir por lá...Bobagem.
Enquanto eu pensava, o ônibus ia enchendo de gente...e logo transbordou. Mas estávamos sentados. Respirei fundo, e tentei relaxar. Mudado itinerário pelo Detran, fomos pelo Túnel Velho, voltando pela Visconde Silva, e de repente, uma mulher em pé ao meu lado, abriu a boca e vomitou em cima da minha perna.....Morri.
FELIZ ANO NOVOOOOO!
video